Quando devo declarar imposto de renda?

O imposto de renda costuma ser uma dor de cabeça para algumas pessoas, em especial devido a falta de conhecimento. E dentre as principais dúvidas, é possível destacar o prazo para declarar o IR. Dito isso, saiba a seguir quando devo declarar o imposto de renda.

A priori, é interessante destacar que a declaração do IR é uma das principais obrigatoriedades tributárias em nosso país. Nesse caso, você precisa entender se você está entre os isentos e não isentos. Isto é, se precisa ou não declarar o IR. Essas regras são atualizadas todos os anos, logo, é preciso estar por dentro das novidades.

Quem é obrigado a declarar o IR em 2022?

Antes de saber qual o prazo para declarar o IR, é de suma importância trazer o grupo de pessoas que deve fazer isso. Por esse motivo, se você se encaixa em algum dos requisitos abaixo, você deve declarar o imposto de renda em 2022:

  • Se você recebeu rendimentos tributáveis que ultrapassam o valor de R$ 28.559,70 no ano de 2021;
  • Contribuintes com rendimentos não tributáveis, isentos ou que são tributados na fonte, desde que a soma não seja menor que R$ 40 mil em 2021;
  • Quem obteve capital a partir da alienação de direitos ou bens, por estar sujeito à incidência de impostos – ou que tenha feito operação na bolsa de valores, futuros, mercadorias e semelhantes;
  • Quem esteve isento de imposto em relação ao ganho de capital a partir da venda de um imóvel residencial, porém, adquiriu outro imóvel da mesma natureza em até 180 dias;
  • Todos que obtiveram, em 2021, receita bruta que ultrapassa valor de R$ 142.798,50 como atividade rural;
  • Com posse ou propriedade de direitos ou bens, até 31/12/2021, cujo valor total seja superior a R$ 300 mil; e
  • Quem adquiriu condição de residente no território brasileiro até 31/12/2021.

Qual o prazo final para declarar o Imposto de Renda?

Em 2022, o prazo para entregar a declaração do IR (cujo ano base é 2021) é 31 de maio, até as 23h59, seguindo o horário de Brasília. Inclusive, essa entrega está disponível desde o dia 7 de março.

Destaca-se que essa data foi alterada em relação a 2021, uma vez que o prazo foi aumentado, podendo entregar o IR até o mês de maio. No entanto, evite a declaração de última hora. Além de o sistema ficar instável no últimos dias, quem declara primeiro, costuma ter prioridade nas datas de restituição.

É necessário declarar o IR?

Como vimos acima, algumas pessoas são obrigadas a declararem o IR. Nesse sentido, caso você não se encaixe em nenhum das condições citadas, não é necessário declarar o imposto de renda. Isto é, a entrega dessa declaração é dispensada.

Contudo, é interessante ressaltar que, mesmo sem essa obrigação, a entrega da declaração dos rendimentos pode resultar em diversos benefícios. Por exemplo, essa declaração serve como um comprovante de renda no caso de empréstimos ou financiamentos.

Outro benefício é garantir a restituição do imposto de renda que estava retido ao longo do ano. Por esse motivo, por mais que o envio do IR seja dispensado, você pode, enquanto pessoa física, apresentar a Declaração de Ajuste Anual.

O que é informado na declaração do IR?

A título de curiosidade, na declaração do IR, você deve informar todos os rendimentos que você teve em 2021, incluindo os não tributados e isentos. Um exemplo disso é o saque do FGTS ou indenização devido ao acidente de trabalho.

Nem todas as despesas podem ser deduzidas com base no imposto final. Entretanto, é primordial incluir toda e qualquer informação necessária que possa auxiliar na hora de avaliar o melhor cenário para você.