Como investir com segurança?

Quando o tema é investimento, a segurança está entre as principais prioridades dos investidores. Claro que isso varia de acordo com o perfil de investidor, porém, ninguém gosta de perder dinheiro. Nesse sentido, saiba como investir com segurança.

Se você está começando a investir, tenha em mente que o primeiro passo é definir o seu perfil como investidor, isto é, se é mais arriscado ou se é mais contido. Uma dica para os iniciantes é buscarem auxílio de instituições certificadas e diversificarem os investimentos.

Para investir com segurança, é preciso diminuir os seus riscos. Para isso, aprenda mais sobre o mercado e tome decisões de forma acertada.

Principais dicas para um investimento seguro

Ao falarmos em segurança em um investimento, saiba que algumas instituições atuam de forma direta na fiscalização e organização do mercado financeiro.

Autorização do Banco Central

A instituição bancária que costuma ser atrelada a segurança. Destaca-se que o BC é uma autarquia autônoma. Ou seja, essa entidade exerce funções com autonomia, sem a subordinação de outro órgão público.

Nesse sentido, é interessante ressaltar que o Bacen garante a estabilidade do país do ponto de vista econômico, além de regular o sistema financeiro. Por conta disso, se você achou uma empresa que não possui autorização do BC, evite investir.

Fundo Garantidor de Créditos (FGC)

O FGC tem como uma de suas funções o ressarcimento a investidores que foram prejudicados devido a falência de uma instituição financeira. Por isso, quem já está neste universo financeiro há mais tempo sabe como o FGC é importante.

Desse modo, este Fundo se trata de uma instituição independente, privada e sem fins lucrativos. Alguns investimentos segurados pelo Fundo são:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB).
  • Depósitos em Poupança.
  • Letras de Câmbio (LC).
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI).
  • Letras Hipotecárias (LH).

Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

A Comissão de Valores Mobiliários protege os investidores, sendo, portanto, uma entidade pública e vinculada ao Ministério da Fazenda. Assim, o principal objetivo da CVM é manter a integridade dos capitais, fiscalizando e punindo empresas que atuam de má-fé.

Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores também pode ser citada como uma instituição que protege os investidores. Para suavizar os riscos que você corre ao investir, é interessante contar com ferramentas como stop loss, ou prejuízo estimado.

Descubra o seu perfil de investidor

Como foi dito acima, você deve descobrir o seu perfil de investidor antes de entrar para o mundo financeiro. Essa decisão é como um guia para todos os seus investimentos a partir de agora.

Perfil conservador

O perfil conservador cabe àqueles que não gostam de correr riscos e priorizam a segurança no investimento. Logo, as melhores opções para esse perfil são CDB, Letras de Crédito e Renda Fixa. Então, tenha como foco a diversificação de títulos.

Perfil moderado

O perfil moderado tem como foco a segurança dos valores, porém, esse investidor está disposto a correr riscos. Por isso, se você se encaixa nesse perfil, é possível investir em ações de baixo risco e na renda fixa.

Perfil arrojado

Por fim, temos o perfil arrojado, que aproveita diferentes rendas variáveis, a exemplo de contratos futuros, ações e demais ativos. Nesse sentido, aqui encontramos rentabilidade variada.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe as publicações e fique por dentro das novidades do mercado financeiro!