Ficar sem dinheiro nunca mais

Ficar sem dinheiro sempre foi um dilema na vida dos trabalhadores brasileiros, mas hoje ainda mais. Afinal, como o salário não acompanha o preço das coisas, fica muito difícil dar conta das obrigações. A boa notícia é que, apesar disso, é possível lançar mão de estratégias para nunca ficar sem dinheiro. Se interessou? Então, confira agora!

1. Tenha clareza em relação a quanto você gasta e quanto você ganha

É óbvio que, para nunca ficar sem dinheiro, você precisa nunca parar de trabalhar, não é mesmo? Afinal, o seu trabalho é a fonte desse recurso. E você precisa conhecê-lo muito bem! Portanto, saiba, exatamente quanto você ganha.

Se, por acaso, sua renda for variável, estabeleça uma média sempre mais para baixo. Além disso, fixe todas as suas despesas fixas e a média das despesas variáveis. Dessa forma, você saberá exatamente de quanto precisa para nunca ficar sem dinheiro.

2. Estabeleça prioridades e metas

Quem trabalha e vive do trabalho precisa ter prioridades da na vida. Por isso, nada de ficar baseando sua vida na vida daquele seu amigo que não tem “um pinto para dar água…” ou “nunca bateu um prego numa barra de sabão”. Para nunca ficar sem dinheiro, é preciso ter como referência, única e exclusivamente, o que você tem.

Em cima disso é que você irá estabelecer prioridades e metas, de acordo com os seus objetivos pessoais. Por exemplo: se você tem como prioridade passar 15 dias viajando no final do ano, é preciso estabelecer metas mensais para poder viabilizar isso. Logo, se o orçamento dessa viagem é de R$ 4.000,00, você já sabe que sua meta é guardar R$ 333,00 por mês. O mesmo serve para prioridades relacionadas à aquisição de patrimônios, como casas e automóveis.

3. Cuidado com o cartão de crédito: tenha apenas um!

Uma das maiores ilusões das pessoas é achar que cartão de crédito é dinheiro na mão. Principalmente, por que, quando passamos o cartão, não sentimos a sensação de estar gastando. Por isso, é preciso ter muito cuidado com o cartão de crédito. E o cuidado mais básico é ter apenas um cartão de crédito, para poder ter real controle acerca das contas.

4. Adote o método 50, 30, 20

A fim de nunca ficar sem dinheiro, muitas pessoas adotam o este método simples, que consiste apenas no seguinte: 50% da renda para gastos essenciais (como água, luz, aluguel, alimentação, consumo de carros, etc); 30% da renda para gastos não essenciais (como academia e lazeres em geral); e 20% para sua reserva de emergência. Lembrando que este método oferece apenas parâmetros, logo, você pode fazer 60, 30, 10; ou 40, 40, 20, etc. Para isso, conheça suas necessidades!

5. Use um aplicativo de controle de finanças

Se você não quiser fazer esse controle manual de suas finanças, você pode utilizar um aplicativo de planejamento financeiro, como Mobills, Organizze, Monefy, Minhas economias, etc. Lembre-se sempre de que, para nunca ficar sem dinheiro, é preciso ter, antes de tudo organização e controle!